É uma bomba de água usada para remover água de do porão dos barcos. Uma vez que o combustível pode estar presente, as bombas elétricas de esgoto são projetadas para não provocarem faíscas. As bombas elétricas são muitas vezes equipadas com interruptores flutuantes que ligam a bomba quando a água ultrapassa um nível pré definido. Uma vez que as mesmas podem falhar, o uso de uma bomba de reserva é frequentemente recomendado.

A bomba primária está normalmente localizada no ponto mais baixo do porão, enquanto a bomba secundária seria localizada um pouco mais acima. Isso garante que a bomba secundária seja ativada somente quando a bomba primária está sobrecarregada ou falha, e mantém a bomba secundária livre dos detritos que tendem a entupir a bomba primária.

As antigas bombas de água tinham uma série de usos comuns. Dependendo de onde a bomba estava localizada no casco do navio, poderia ser usada para aspirar água do mar em um tanque de peixes vivos para preservá-los até o barco chegar a terra e os peixes serem descarregados.

Outro uso da bomba de água foi o combate a incêndios. A água seria novamente sugada pelo fundo do casco, e depois usada para combater as chamas. Mais um outro uso sugerido para uma bomba retirar a água de um navio. A bomba seria colocada perto do fundo do casco de modo a sugar a água do navio.

Na história existem vários relatos sobre as bombas de água, dentre eles destacamos o texto no verso que dimensiona a engenhosidade de um do maiores gênios da história e a sua importância para o mundo moderno.

Na Velamar você encontra a bomba de porão correta para sua embarcação.

Confira!