Ter um barco é um sonho para muitas pessoas e quem compra o seu garante: a sensação é única! O Brasil é um país com um vasto litoral e realmente poder explorá-lo é um grande privilegio, no entanto, como tudo que é bom na vida, isso também cobra o seu preço! É preciso tomar uma série de cuidados com seu veículo náutico para que ele dure muito mais tempo e conduza você e quem você ama com toda a segurança e conforto! Algumas atitudes são simples, mas sem tomá-las a vida útil do sua tão desejada embarcação vai diminuir bastante.

Limpeza do Casco

É preciso ter muito cuidado com o casco. Tanto o gel (Gelcoat) quanto a pintura podem ser bem sensíveis e fragilizar o seu equipamento, além de deixá-lo menos vistoso se você não der a atenção merecida. O primeiro passo para isso é sempre lavar o casco com água doce todas as vezes em que isso for possível. Outra dica bacana é tentar,ao menos uma vez por ano, lavar toda a estrutura com detergente biodegradável. Para finalizar, é aconselhável passar um bom produto de acabamento, como uma cera de boa qualidade e depois lustrar com uma toalha de microfibra.

Se o seu barco fica em vaga molhada, é necessário um cuidado a mais: periodicamente ele precisa ser içado para a limpeza da parte debaixo do casco, retirando as eventuais cracas e, logicamente, tendo o cuidado para não danificar o gel.

Limpeza das Peças em Inox

As peças em aço inox também carecem de alguns cuidados particulares. É importante evitar o contato de objetos de aço comum com o inox, pois isso pode contaminá-las e acabar fazendo com que oxidem. Se isso ocorrer, uma solução levemente ácida pode contribuir para reduzir os danos. Mesmo um material de alta qualidade pode sofrer com a exposição à maresia e criar uma oxidação superficial.

Materiais que não podem ser Utilizados

Palhas de aço devem ficar longe da embarcação, pois, além de remover o gel do casco, podem danificar as peças de aço inox. O mesmo vale para esponjas rugosas, que podem arranhar a estrutura e causar manchas de difícil remoção. Produtos de limpeza à base de cloro também devem passar longe, bem como saponáceos abrasivos. Além de quimicamente prejudiciais, podem acabar com o brilho da superfície.

Conservação do Motor

O motor é o coração do barco e também precisa de certos cuidados. É importante lavá-lo com água doce sempre que o barco sair da água salgada. Também não se esqueça de ligá-lo a cada 15 dias pelo menos e fazer a manutenção preventiva de 6 em 6 meses. O anodo de sacrifício também precisa ser regularmente trocado.

Essas são as dicas mais essenciais para você conservar seu barco por muito mais tempo. Ele é invariavelmente um veículo resistente, mas você também precisa fazer a sua parte para aumentar a sua vida útil e navegar com muito mais segurança. Depois disso, é só aproveitar todo o prazer que ele proporciona e ter dias inesquecíveis no mar!

Confira!